“Há 16 anos participo ativamente da ABRAFAC”. A frase da Head de Facility Management no SESC, Irimar Palombo, faz jus a seu histórico. A sócia-fundadora participou de reuniões que deram origem à associação e esteve entre os organizadores do evento de inauguração.

“A ABRAFAC tornou-se uma representação da nossa área no Brasil, um ponto de cooperação e colaboração para defender e potencializar a atuação do FM. E sabemos que a cooperação é uma forma de tornar o mercado de Facility Management mais competitivo”, diz Irimar.

“Ao longo dos anos, a ABRAFAC tem trabalhado no aprimoramento da rede de relacionamentos entre os profissionais da área, afinal de contas, é muito importante criar relacionamentos profissionais e ingressar em um grupo permite que você tenha uma sensação de segurança e confiança”, completa.

Neste mês de julho, a associação celebra 16 anos. Desta forma, membros históricos estão sendo homenageados por terem feito parte da fundação e ocupado cargos essenciais para todo esse tempo de sucesso da ABRAFAC.

Para Irimar, que teve papel fundamental nesta história, participar da associação é estar em um coletivo para discussão de problemas da área, ampliação da rede de networking e oportunidades de desenvolvimento profissional.

Além disso, na visão de Irimar, a associação é essencial para desenvolver a reputação, ter acesso a profissionais que sirvam de modelo e se antecipar às tendências do mercado. A profissional ressalta que a ABRAFAC é parceira de associações internacionais, aumentando a rede de possibilidades profissionais.

Carreira premiada e Mulher de Destaque

Irimar Palombo é engenheira civil formada pela Unesp, com especialização em Administração Financeira pela FGV e MBA em Gerenciamento de Facilidades pela USP. Possui sete Prêmios ABRAFAC Melhores do Ano e concorreu por três anos consecutivos ao Global FM.

“Em 2019 fui surpreendida ao ser escolhida Mulher de Destaque na área de Facility, promovido pelo Grupo Mulheres de Facility. Foi um momento muito feliz da minha carreira, ser reconhecida por outras profissionais que me viram como exemplo. Emocionante e inesperado, me levou para o Grupo de Mulheres e me deu mais confiança no meu protagonismo na área”, relembra.

Ao longo de sua carreira, a Head de Facility Management implantou a área de Qualidade em uma Indústria Metalúrgica que produz cardans agrícolas no interior e trabalhou na Construtora Carnelossi, em Catanduva.

“Comecei na área de Facilities no ano 2000 no SESC de Catanduva, cuidando de toda a infraestrutura da Unidade: manutenção predial, segurança, limpeza, montagem de eventos, tratamento de água de piscinas. Me apaixonei pela área e pela possibilidade de ser engenheira em um prédio em funcionamento, com a vida pulsando e muita coisa cultural acontecendo, em 10 meses me convidaram para vir trabalhar no SESC Pompéia e depois Vila Mariana, coordenei a montagem de eventos expressivos lembrando alguns: The Overexcited Body, Mostra Mediterrâneo de Artes, várias Bienais do Livro. Essa efervescência cultural das Unidades do SESC sempre me encantou. Depois fui convidada a coordenar toda a área no estado de São Paulo”, conta.

“Como havia pouco material técnico sobre FM, eu e minha equipe sempre precisamos estudar e desenvolver material técnico, quando a ABRAFAC lançou o Prêmio Melhores do Ano, foi muito estimulante, inscrevi trabalho e ganhei um dos prêmios e com isso ganhamos sete vezes o Prêmio ABRAFAC Melhores do Ano e concorremos três vezes ao prêmio Global FM”, detalha Irimar.

Facility Management em destaque

Participando de um evento com a ABNT, Irimar também convidada a integrar reuniões de desenvolvimento da norma de Inspeção Predial. Além disso, participou do desenvolvimento de várias normas, como NBR 16.280 – Reformas e a família ISO 41.000 Facility Management que foi lançada.

A área de Facility gerencia os maiores ativos de uma organização. Ter um alinhamento entre a missão da organização, a compreensão da sua cultura e principais valores, evita que muita energia seja desperdiçada; desenhar ações e uma análise de como as instalações existentes e novas devem manifestar essa cultura e os principais valores no espaço físico ou apoiar sua mudança é algo estratégico”, diz Irimar.

“O perfil do profissional de Facility deve acompanhar essa importância estratégica da área dentro da organização. Profissionais bem preparados e que gostem de servir e cuidar de pessoas, porque afinal, Facility Management é sobre cuidar das pessoas”, finaliza.

 

Por Jéssica Marques/Foco 21 Comunicação

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Associe-se
Área de Associado