fbpx

A área de facilities entra em vigor em meados dos anos 80 e 90, no Brasil, sendo considerada então, nova no território. Apesar do pouco tempo de execução no país, a área demonstra a possibilidade de intensificar a melhora dos custos e, do tempo das corporações que investem no serviço.

Segundo estudo da empresa Vivante, companhia brasileira especializada em facilities, é possível reduzir os custos gerais do cliente e otimizar a gestão em torno de 5% a 7%, se considerar todos os serviços oferecidos. No entanto, esses números podem ser bem maiores, dependendo das especificidades de cada cliente.

Diante desses dados, empresários e CEOS visam adquirir os serviços que o profissional da área de facilites pode oferecer, pois por meio deles encontra-se soluções eficazes e hábeis, para que sejam empregadas nos setores de sua escolha, de forma adequada e planejada.

A área promove possibilidades a todas as empresas que inserem o serviço, aumentando seus potenciais de crescimento e, os ajudando a pensar no futuro próximo do negócio. Além disso, visa aprimorar cada espaço próspero para o meio corporativo.

Compartilhe nas redes sociais
02 abr 2019

Os desafios das lideranças na gestão de Facilities em instituições de saúde

Marcelo Boeger, presidente da Sociedade Latino Americana de Hotelaria Hospitalar e coordenador e professor do curso de Especialização de Hotelaria Hospitalar do Hospital Albert Einstein, descreve o universo da saúde, os desafios do setor e a função dos gestores, que são responsáveis por toda a anatomia do edifício hospitalar.

Compartilhe nas redes sociais