Por Jéssica Marques

No início da carreira, o presidente da ABRAFAC – Associação Brasileira de Facilities, Thiago Santana, foi duas vezes vencedor do Prêmio Melhores do Ano. O profissional contou como o reconhecimento impactou em sua carreira, nos negócios e até mesmo em sua vida pessoal.

A associação está com inscrições abertas até o dia 18 de maio para a 15ª edição do Prêmio ABRAFAC Melhores do Ano. Acesse aqui para inscrever o seu trabalho.

A premiação foi criada para promover conhecimento e valorização de projetos feitos por profissionais e empresas do setor de Facility Management. Além disso, o prêmio estimula a produção e disseminação de casos de sucesso dentro do segmento.

A participação é totalmente gratuita para associados da ABRAFAC. Ao todo, são mais de 100 empresas e 3 mil membros na associação.

Confira a entrevista com Thiago Santana, na íntegra:

Portal ABRAFAC – Que fatores você acredita que te levaram a ser vencedor do Prêmio ABRAFAC?

Thiago Santana – Nas duas edições em que eu inscrevi um case para concorrer ao prêmio Melhores do Ano eu tomei muito cuidado em fazer uma pesquisa de dados profunda sobre aquilo que eu ia falar.

Nos dois exemplos, eu fiz um estudo de caso onde uma mudança na forma de trabalho levou a ganhos na produtividade do serviço. Em um dos anos eu alterei a produtividade sobre serviços de manutenção e no outro eu falei sobre produtividade em serviços de higiene e conservação.

Nos dois casos eu me aprofundei muito, enxergando e medindo em campo quanto tempo cada atividade levava para ser feita. Depois, medi quantas mudanças foram impostas, quanto tempo foi ganhado em produtividade em cada uma dessas tarefas e isso compôs um estudo de caso de forma geral.

Essa parte matemática foi muito importante e eu também me dediquei muito à apresentação. Eu investi um tempo importante na preparação da forma com que esses dados iam ser mostrados para o júri e de uma forma que ficasse leve. Esses dois fatores tiveram peso relevante na pontuação final, com a qual eu acabei sendo o vencedor.

Portal ABRAFAC – Em sua opinião, qual a relevância deste prêmio no setor?

Thiago Santana – Ele oficializa as boas práticas e reconhece os profissionais que têm feito a diferença no mercado. Como a gente sempre bate muito na tecla, não necessariamente com grandes mudanças absurdas e estruturais, mas maneiras mais eficientes de fazer o que estamos acostumados no dia a dia.

Então, quanto mais motivação o mercado tiver para inscrever, quer dizer que mais conhecimento científico está sendo produzido e melhores práticas estão sendo criadas, o que vai ajudar no desenvolvimento do mercado como um todo.

Portal ABRAFAC – Que mudanças profissionais você notou em sua vida após o recebimento do prêmio?

Thiago Santana – Foi incrível a amplitude que o prêmio deu em minha carreira. Eu já era um profissional com certo destaque na empresa em que eu trabalhava, mas a partir do momento em que eu fui reconhecido pela associação nacional como desenvolvedor do case, o meu nome e rosto ficaram conhecidos em frentes que eu jamais imaginava.

Eu lembro que imediatamente após o prêmio as pessoas que não me conheciam vinham me chamar pelo nome. Falavam que acharam muito interessante o case e pediam para que eu compartilhasse as informações. Queriam ouvir minha opinião.

Além de ficar conhecido, você se torna referência para falar sobre alguns temas, coisa que naquele momento, no começo dos meus 30 anos e da carreira, foi muito importante para mim. Por essa projeção que eu tive para o mercado como uma forma geral, pois eu rompi as barreiras da empresa onde eu atuava e comecei a ser projetado para o mercado.

Portal ABRAFAC – De que forma o prêmio acrescentou em sua vida pessoal?

Thiago Santana – A mudança mais significativa em minha vida pessoal tem a ver com o sentimento de realização e reconhecimento pelos pares de que tudo o que eu desenvolvi em minha carreira tem uma relevância para o setor.

Foi muito mais uma questão de prazer interno, reconhecimento, satisfação e sentimento de dever cumprido. Fora isso, os maiores ganhos foram na vida profissional mesmo.

Portal ABRAFAC – A premiação é feita baseada na competência dos profissionais. Como você avalia esse diferencial da premiação?

Thiago Santana – Normalmente, nosso mercado reconhece muito as corporações por trás, as grandes empresas que fazem as transformações e acaba-se esquecendo do profissional. O foco do prêmio é justamente o oposto. É identificar o nome, o sobrenome e o rosto por trás daquela ação e inovação.

Isso para mim é um diferencial porque ele extrapola as barreiras corporativas e vai ao profissional, que no final das contas é um dos grandes pilares estratégicos da associação, o reconhecimento e valorização do profissional de facilities.

Portal ABRAFAC – Como o prêmio contribuiu para os seus negócios?

Thiago Santana – O prêmio, apesar de reconhecer o profissional, também envolve a corporação. Desta forma, os clientes potenciais começaram a nos procurar para buscar a mesma solução implantada e solicitar o mesmo estudo.

O mercado reconheceu que por trás do dia de operação também havia uma área de engenharia, pensante, preocupada em buscar inovações e produtividade. Isso deu uma alavancada nos negócios, com certeza.

Portal ABRAFAC – De modo geral, que benefícios a premiação pode trazer ao mercado de facilities?

Thiago Santana – Os benefícios têm a ver com o constante desenvolvimento, a constante busca pela inovação e pela melhor produtividade. Momentos nos quais esses temas são tão relevantes na vida de qualquer empresa ter uma associação que incentiva estas iniciativas representa um ganho significativo para todo o mercado, não só para hoje, mas para os anos que virão também.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Associe-se
Área de Associado