A Câmara pretende unir a cadeia produtiva e facilitar a troca de informações entre os representantes de um setor, que gera mais de 4 mil empregos diretos e contabiliza faturamento acima de R$ 1 bilhão por ano.

A ABRAFAC é uma das entidades integrantes da Câmara Técnica de Revestimentos de Pisos Corporativos e residenciais, criada pela ABRITAC – Associação Brasileira das Indústrias de Tapetes e Carpetes. Alexandre Ventura, membro do Conselho da ABRAFAC, é o representante da entidade nesta Câmara, composta por uma equipe multidisciplinar, que tem a missão de consolidar dados e experiências do setor. O objetivo é normatizar procedimentos e produzir um Guia Técnico de Manutenção e Limpeza de tapetes, carpetes e capachos.

A Câmara pretende unir a cadeia produtiva e facilitar a troca de informações entre os representantes de um setor, que gera mais de 4 mil empregos diretos e contabiliza faturamento acima de R$ 1 bilhão por ano.

A iniciativa conta com a participação de fabricantes de revestimentos têxteis, arquitetos, empresas de manutenção e limpeza, de ar condicionado, representantes do segmento de facilities, e especialistas em controle da qualidade ambiental interna. A expectativa é ganhar a confiança do consumidor e fortalecer a imagem dos produtos – carpete, tapete e capachos – comprovando que são saudáveis e amigáveis para ambientes comerciais e residenciais, desde que bem especificados e com manutenção profissional de qualidade.

Guilherme Dionizio Gomes Filho, presidente da ABRITAC, conta que a pandemia do novo Coronavírus estimulou a disseminação de informações falsas, com ataques intensos aos revestimentos têxteis, causando uma visão distorcida dos produtos. “Por esse motivo, decidimos compartilhar estudos e pesquisas com parceiros, clientes e usuários, bem como criar um benchmark a partir das experiências relatadas pelos integrantes da Câmara

O objetivo final é trazer informação clara e transparente ao usuário sobre as características e benefícios de tapetes, carpetes e capachos, desde que corretamente mantidos, com dados cientificamente comprovados.

“Vamos consolidar o conhecimento, trazido por membros de todos os pilares do setor. Este conteúdo vai balizar práticas, processos e treinamentos específicos. Serão contemplados inclusive vendedores e especificadores, com estratégias de apoio aos ciclos de pré e pós-venda”, explica Gomes. A ação deverá implementar, em médio prazo, uma nova cultura no setor, com claros critérios práticos, teóricos e analíticos.

Alexandre Ventura, membro do Conselho da ABRAFAC, é o representante da entidade nesta Câmara

Para completar o grupo, foi convidada a ABRAFAC – Associação Brasileira de Facilities, para atuar como facilitadora com a comunidade de facilities, disseminando a informação para o segmento diretamente ligado a manutenção de têxteis no âmbito corporativo. “A visão dos profissionais de faciliteis e muito importante dentro da câmera técnica da ABRITAC”, destaca Alexandre Ventura. “Dentro do ciclo de vida de qualquer revestimento ou piso corporativo, desde sua fabricação, especificação, uso e substituição, o profissional de faciliteis está na sua maior porção, cabendo a ele o seu uso, limpeza e manutenção. A ABRAFAC como representante desse profissional estará colaborando com a Câmara com essa visão de usuário final, responsável pela uso, limpeza, manutenção, renovação e futura substituição”, completa Ventura.

Principais benefícios dos tapetes, carpetes e capachos

Poucos sabem, mas tapetes, carpetes e capachos não têm só função estética, de proteção e térmica. Eles são fundamentais para o conforto acústico, principalmente nos ambientes corporativos, por onde circulam centenas e até milhares de pessoas, diariamente. É o que explica Camila Nagay, arquiteta e Green Building Specialist da Athie Wohnrath, uma das participantes da Câmara.

De acordo com Camila, arquitetos estão entre os principais especificadores de revestimentos de pisos e levam em conta, desde materiais e formas de instalação e manutenção, até a flexibilidade necessária para recortes de tomadas e passagem de fiação. Ela conta que a interface com o consumidor final ajuda a entender demandas nos quesitos manutenção e cuidados com tapetes, carpetes e capachos.

Para Camila, a contribuição da Athie Wohnrath, na Câmara, terá viés técnico, auxiliando a identificar o que pode vir a ser melhorado e aprimorado, do ponto de vista arquitetônico e sob a ótica dos clientes.

Manutenção e higienização

Ainda de acordo com a arquiteta, um dos gargalos no uso de tapetes, carpetes e capachos é o binômio manutenção e limpeza, pois revestimentos de piso malcuidados podem provocar a proliferação de microrganismos que contaminam o ambiente e prejudicam a qualidade do ar interno. Pensando nisso, a presidência da ABRITAC convidou um dos laboratórios referência em análise ambiental – Conforlab – para trazer informações relevantes e validar com análises os métodos de higienização de tapetes, carpetes e capachos que serão propostos no Guia que será produzido pela Câmara.

Engenheiro ambiental e diretor da Conforlab, Leonardo Cozac, alerta para a importância da qualidade do ar na segurança do trabalho e relata que, embora a análise de ambientes seja lei e fiscalizada pela Anvisa, o Brasil não tem uma norma definida para manutenção de tapetes, carpetes e capachos. Na falta de uma padronização nacional, a Conforlab segue as métricas do programa ELITE do CDC, dos EUA.

Cozac será o “braço técnico” na composição da Câmara. “A Conforlab vai ajudar a escrever normas técnicas e estabelecer padrões para aumentar a eficiência nos processos de higienização e manutenção”, diz. A Conforlab é pioneira na CGCRE – Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro para NBR ISO/ IEC 17.025 para análise do ar climatizado, conforme regulamentação da ANVISA.

A Câmara Técnica de Revestimentos de Pisos Corporativos e Residenciais da ABRITAC já está formalizada e os trabalhos já foram iniciados. A previsão é que os primeiros resultados práticos já comecem a ser divulgados a partir dos próximos 30 dias

Dados do setor – A ABRITAC, através de seus associados fabricantes, atende a mais de 10.000 lojistas no Brasil, representando um mercado que comercializa anualmente:

  • 3,2 milhões de m2 de carpetes,
  • 12 milhões de m2 de tapetes e capachos;
  • 8,8 milhões de m2 forrações multiuso;
  • 8,1 milhões de m2 de Pisos Vinílicos

Para mais informações sobre a ABRITAC, acesse aqui.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Associe-se
Área de Associado