Há mais de 20 anos no setor, o profissional já atuou no Conselho e na Diretoria da Associação. 

“Dizem que os mais antigos, como eu, não escolheram o Facility Management e sim o Facility Management que nos escolheu! Eu atuava na Universidade de São Paulo contratado por uma bolsa trabalho no último ano de Engenharia Civil fazendo manutenção predial e percebi isso, que o Edifício, depois de pronto, precisa de muitos cuidados para se manter útil ao longo do tempo e que não é por causa do Edifício que fazemos todas as atividades, mas por causa das pessoas que lá permanecem muitas horas trabalhando. Quando me dei conta que eu fazia o que fazia por causa das pessoas, o coração pulou! Tenho um propósito em melhorar a vida das pessoas através da minha atuação como Facility Management. Isso me acompanha até hoje.”

A memória é do vice-presidente da Associação Brasileira de Facility Management, Property e Workplace – ABRAFAC, Mauro Campos, que detalha sua trajetória na Associação e fala sobre as perspectivas para o setor ao Portal ABRAFAC.

A entrevista integra a série Perfil ABRAFAC 2ª edição, que teve início em 2020 com o objetivo de homenagear os membros que fazem parte da história de sucesso da entidade e que se destacam no setor.

Campos também comenta sobre o papel da ABRAFAC, a importância da área para o desenvolvimento do país e os desafios enfrentados pelos profissionais de Facility Management, Property e Workplace em meio à pandemia de covid-19.

“O setor de Facility Management, Property e Workplace é importante para o desenvolvimento do Brasil pois administram a eficiência dos edifícios e afetam, por suas ações, a produtividade dos que trabalham nesses locais. Quanto mais pudermos profissionalizar o setor mais vamos entregar em aumento de produtividade dos colaboradores e redução de custos de operação dos edifícios. A taxa de retorno (ROI) vai contribuir muito para o sucesso das empresas e do Brasil”, pontua.

Confira a entrevista, na íntegra:

Portal ABRAFAC – Pode contar um pouco sobre sua história com a ABRAFAC?

Mauro Sergio Kyriazi Campos Faço parte de um grupo de pessoas que fundaram a ABRAFAC em 2004, naquela época já participava do GAS, um grupo informal de Facility Management e fazia o MBA na Poli em gerenciamento de facilidades. Fui conselheiro, diversas vezes, participei de várias diretorias colaborando como vice-presidente e na atual gestão 2021-2023 tenho a honra de ajudar mais uma vez.

Portal ABRAFAC – Pode comentar sobre a atuação da ABRAFAC e do setor no enfrentamento à pandemia? Que avaliação o senhor faz do setor neste momento e quais são as perspectivas para o setor?

Mauro Sergio Kyriazi Campos A ABRAFAC enfrentou a pandemia mantendo-se firme no seu propósito de levar informação aos profissionais, como por exemplo, fazendo o congresso em 2020 de forma totalmente on-line, abastecendo o mercado com boas práticas e promovendo evolução. O setor de Facility Management manteve-se forte durante a pandemia pois, embora fechados, todos os edifícios necessitavam manter seus sistemas funcionando.

Quando todos vão embora são os Facility Managers que permanecem no local mantendo e conservando para que no retorno tudo esteja em ordem e preparado para as novas necessidades. Em virtude de terem permanecido nos edifícios os profissionais e a profissão passaram a ser vistas pela alta diretoria da empresa como uma função crítica que talvez não fosse tão notada anteriormente. O profissional de Facility Management, com certeza, muda para um patamar mais elevado agora.

Portal ABRAFAC – Qual a importância do setor de Facility Management, Property e Workplace para o desenvolvimento do país, em sua visão?

Mauro Sergio Kyriazi Campos Na minha visão o setor de Facility Management, Property e Workplace é importante para o desenvolvimento do Brasil pois administram a eficiência dos edifícios e afetam, por suas ações, a produtividade dos que trabalham nesses locais. Quanto mais pudermos profissionalizar o setor mais vamos entregar em aumento de produtividade dos colaboradores e redução de custos de operação dos edifícios. A taxa de retorno (ROI) vai contribuir muito para o sucesso das empresas e do Brasil.

Portal ABRAFAC – De que forma a importância da associação se sobressai neste período de pandemia?

Mauro Sergio Kyriazi Campos Através do associativismo podemos colaborar em rede, nos fortalecemos ao contar com mecanismos de troca de experiências e conhecimento. A ABRAFAC colabora para que o conhecimento chegue mais rápido aos profissionais e isso faz toda a diferença no mundo em que vivemos onde as respostas rápidas e assertivas são essenciais.

Portal ABRAFAC – Ao longo de sua atuação na ABRAFAC, quais foram os momentos mais marcantes e por quê?

Mauro Sergio Kyriazi Campos Foram muitos momentos marcantes pois vi nascerem muitas coisas que hoje fazem parte da vida do profissional, mas para citar algumas eu lembro quando a ABRAFAC decidiu realizar a primeira feira e exposição de Facility Management e abriu espaço para que os fornecedores de produtos e serviços em Facility Management tivessem contato direto com os Facility Managers e essa troca e interação rendeu bons frutos.

Também houve um momento marcante ao trazermos palestrantes internacionais pela primeira vez a abrir as portas para uma atuação e colaboração com outras associações. Vimos que o Facility Management no Brasil não deve nada para o que é feito ao redor do mundo, mas mostrou que em termos de associação ainda havia um caminho a ser trilhado e dessa forma não nos acomodamos.

Portal ABRAFAC – Qual sua formação acadêmica e em quais empresas trabalhou ao longo de sua carreira? Quais cargos ocupou e ocupa atualmente?

Mauro Sergio Kyriazi Campos Tenho um MBA em Gerenciamento de Facilidades pela Poli-USP e também sou Engenheiro Civil pela mesma Poli. Ao longo de mais de 20 anos trabalhei na Hotelaria e indústrias químicas atuando no Brasil e na américa latina e atualmente trabalho no setor Farmacêutico como diretor associado na MSD.

Portal ABRAFAC – Como o senhor decidiu atuar no setor de Facility Management, Property e Workplace?

Mauro Sergio Kyriazi Campos Essa é boa de contar! Dizem que os mais antigos, como eu, não escolheram o Facility Management e sim o Facility Management que nos escolheu! Eu atuava na Universidade de São Paulo contratado por uma bolsa trabalho no último ano de Engenharia Civil fazendo manutenção predial e percebi isso, que o Edifício, depois de pronto, precisa de muitos cuidados para se manter útil ao longo do tempo e que não é por causa do Edifício que fazemos todas as atividades, mas por causa das pessoas que lá permanecem muitas horas trabalhando. Quando me dei conta que eu fazia o que fazia por causa das pessoas, o coração pulou! Tenho um propósito em melhorar a vida das pessoas através da minha atuação como Facility Management. Isso me acompanha até hoje.

Portal ABRAFAC – Quais são os principais desafios que enfrenta na atual posição e como os supera?

Mauro Sergio Kyriazi Campos Enfrento todos os desafios com humildade. Reconheço que não sei tudo e peço opinião daqueles que estão mais próximos. Saber compartilhar e receber opiniões para um crescimento mútuo é o caminho que eu escolhi. Vem dando certo!

Portal ABRAFAC – Quais o senhor acredita terem sido as principais contribuições da ABRAFAC ao setor, de modo geral?

Mauro Sergio Kyriazi Campos De modo geral, a existência da ABRAFAC e sua comunidade de associados fortaleceu o Facility Management no Brasil através dos diversos eventos e fóruns de discussão. Podemos falar como um setor da economia e representar as demandas dos profissionais! Você, Facility Manager, não está sozinho! Nossa fortaleza é nossa união, nossa colaboração!

Em verdade, o profissional de Facility Management, por natureza, é uma pessoa colaborativa que troca informações, que se apoia nas experiências dos demais. Então, ter um local onde isso pode ser feito de forma ética, transparente, para crescimento pessoal e profissional é uma grande contribuição da ABRAFAC. Aproveito para lembrar que associados somos mais fortes, então, se não o fez ainda, associe-se!

Portal ABRAFAC – Como o senhor avalia a importância de valorizar as pessoas que atuam no setor?

Mauro Sergio Kyriazi Campos Todas as profissões são valorosas, não é mesmo? O que você faz quando valoriza uma profissão? Você diz para aquela pessoa, que de repente se sente menosprezada que ela importa sim, que não desista, que siga em frente apesar de tudo, que participe da sociedade dando seu melhor porque isso tem retorno, ainda que não tangível e que todos precisamos de todos, ninguém faz nada sozinho!

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Associe-se
Área de Associado