Diretoria da Associação tem como missão unir profissionais do setor em atividades com conteúdo relevante e inspirador. 

Inspirar, motivar e compartilhar. Estes são os principais objetivos dos eventos realizados pela Associação Brasileira de Facility Management, Property e Workplace – ABRAFAC. À frente desta missão, está Maristela Serpejante Porfirio, diretora de eventos da entidade.

“Nós buscamos que sejam eventos que tragam conteúdos relevantes, profissionais inspiradores e motivadores, sempre pensando em fortalecer a marca ABRAFAC como uma referência aos profissionais e empresas do segmento”, diz.

Maristela é tecnóloga em Processamento de Dados, pós-graduada em Engenharia de Telecomunicações, MBA em Gestão Empresarial e certificada como Mediadora de Conflitos Extrajudicial.

Em entrevista ao Portal ABRAFAC, a diretora deu uma amostra do que está previsto para ser realizado neste ano pela Associação. “Vem muita coisa boa, mas para uma ideia geral, temos o FM Day em maio, o lançamento do Comitê de Saúde no mesmo mês, vários FM Táctics e FMs Debate, Congresso ABRAFAC (tem um time fora o de eventos só cuidando disso), FM Kids, Café com Presidente a cada 2 meses. Prêmio ABRAFAC e muito mais”, conta.

A entrevista integra a série Perfil ABRAFAC 2ª edição, que teve início em 2020 com o objetivo de homenagear os membros que fazem parte da história de sucesso da associação.

Confira:

Portal ABRAFAC – Como sua história com a ABRAFAC começou?  

Maristela Serpejante – Minha história com a ABRAFAC começou quando eu comecei a frequentar eventos relacionados a FM, depois comecei a ministrar cursos, palestras e treinamentos para esse público através da FS Educa, e aí não parou mais, me envolvi cada vez mais com esse mercado e finalmente fui apresentada a ABRAFAC, ainda como uma participante de seus eventos. E um dia através do Grupo Mulheres de Facility e Workplace eu me associei.

Portal ABRAFAC – De que forma sua trajetória na associação se desenvolveu até os dias de hoje?  

Maristela Serpejante – A Fátima Sousa, que sempre foi muito atuante na associação, me incentivou a me candidatar a uma vaga no conselho, na primeira vez, eu disse que não, mas depois aceitei e para minha surpresa fui eleita com uma quantidade de votos que não esperava já na primeira tentativa. Perto dos experientes conselheiros, fundadores e diretores que compõem o time ABRAFAC, eu sou uma novata.

Mas me apaixonei tanto por esta área que me considero uma entusiasta na divulgação da grandeza desses profissionais e como atuar nesse segmento é uma oportunidade incrível.

Portal ABRAFAC – Atualmente, quais são suas principais atribuições como diretora de eventos?  

Maristela Serpejante – Ao assumir como conselheira, recebi um convite da Irimar Palombo para compor a equipe de diretores, foi outra surpresa. Sabia que seria uma experiência muito bacana, mas pedi para pensar, porque imaginei o quanto de trabalho e o nível de comprometimento que teria que ter, de tempo e empenho em relação a todas as minhas atividades profissionais em minha consultoria. Mas enfim aqui estou eu completamente envolvida em fazer da ABRAFAC, uma associação cada vez mais relevante para os seus associados e para o segmento como um todo.

Como diretora de eventos, de forma resumida, tenho que junto com a equipe de eventos e em parceria com as demais diretorias planejar o evento do início ao fim, procurando garantir seu sucesso, mediante os objetivos e o público-alvo.

Nós buscamos que sejam eventos que tragam conteúdos relevantes, profissionais inspiradores e motivadores, sempre pensando em fortalecer a marca ABRAFAC como uma referência aos profissionais e empresas do segmento.

Portal ABRAFAC – De que forma a pandemia de covid-19 afetou a realização de eventos da ABRAFAC e como a associação superou os desafios impostos pela situação?  

Maristela Serpejante – O impacto principal é que o nosso público não pode estar presencialmente nos eventos, o contato humano que em nossa cultura que é tão importante, teve que ser substituído por salas em plataformas virtuais. O principal fator de superação desse momento na área de eventos é a agilidade com que nós nos adaptamos, no formato do evento, no aprendizado de novas ferramentas tecnológicas e na inclusão de conteúdos anteriormente nunca pensado como as questões geradas pelo coronavírus.

Portal ABRAFAC – Qual a importância da realização de eventos para os setores de Facility Management, Property e Workplace?  

Maristela Serpejante – Eu sou suspeita, acho extremante relevante você ter um lugar, como a Associação que produz eventos realmente pensando no desenvolvimento dos profissionais das áreas e das empresas  que atendem esse segmento, que cuida, que se preocupa em trazer para o segmento conhecimento, aprendizados, relacionamento, troca de melhores práticas, se preocupando em seguir um código de conduta ética, profissional e com profundo respeito pelos interesses de seus associados, patrocinadores, fornecedores e empresas parceiras.

Portal ABRAFAC – Quais são os principais eventos marcados para o ano de 2021 e qual a importância de cada um deles?  

Maristela Serpejante – Vem muita coisa boa, mas para uma ideia geral, temos o FM Day em maio, o lançamento do Comitê de Saúde no mesmo mês, vários FM Táctics e FMs Debate, Congresso ABRAFAC (tem um time fora o de eventos só cuidando disso), FM Kids, Café com Presidente a cada 2 meses, Prêmio ABRAFAC e muito mais.

Portal ABRAFAC – Qual sua formação acadêmica e em quais empresas trabalhou ao longo de sua carreira?  

Maristela Serpejante – Sou tecnóloga em Processamento de Dados, pós-graduada em Engenharia de Telecomunicações, MBA em Gestão Empresarial, certificada como Mediadora de Conflitos Extrajudicial. Trabalhei em empresas como Telefônica, Embratel, Tyco e fundei a MS People (Consultoria em Desenvolvimento Profissional e Empresarial), que atua no Brasil e em países da América Latina. 

Portal ABRAFAC – Como você chegou ao setor de Facility Management?  

Maristela Serpejante – Não cheguei, ele chegou até mim. Acho que o universo me deu um presente, de cliente, usuária dos serviços prestados pela área de Facility Management nas empresas a fornecedora ao receber um convite para assumir um cargo gerencial em um prestador de serviços terceirizados e depois me tornar docente de uma empresa que atua a muitos anos na formação e desenvolvimento de profissionais da área.

Portal ABRAFAC – Quais foram os maiores aprendizados de sua trajetória profissional?  

Maristela Serpejante – São vários, mas deixo aqui alguns que considero essenciais: Que precisamos de bons mentores, que estudar/aprender é uma atividade contínua, que tenho que fazer pelo menos cinco porquês antes de decidir. Que todo dia é dia de recomeçar e está tudo bem.

Portal ABRAFAC – Quais foram os principais desafios que você enfrentou ao longo de sua carreira e como fez para superá-los? 

Maristela Serpejante – Entre meus maiores desafios estão: ser do sexo feminino e decidir trabalhar em um segmento de predominância masculina, nunca deixar de lado os valores em que acredito mesmo diante das pressões externas e fazer transição de carreira a partir dos 48 anos.

Acredito que a superação veio da decisão de dar certo, cada obstáculo apresentado na minha vida profissional ou pessoal, mesmo que houvesse profundo sofrimento, em algum momento eu decidia que a partir daí eu ia encontrar uma saída e buscava quais os recursos necessários, por exemplo, mais conhecimento, autoconhecimento, alguém mais experiente que eu, mudar de empresa, desapegar do passado, do status. Enfim, exige humildade, perseverança, determinação, bons conselheiros, coragem e muita fé.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Associe-se
Área de Associado