Por Jéssica Marques

No segundo e último dia do Congresso & Expo ABRAFAC, o painel “Comunicação, formação e gestão de dados” tratou das ferramentas do futuro e os cuidados de FM na proteção da informação, com a participação de Neil Shah, dos Estados Unidos, falando sobre a organização RICS e o mundo inteligente para o FM. O especialista americano conversou com o Portal ABRAFAC. Leia a seguir:

 

Portal ABRAFAC – Em sua avaliação, por que este evento é importante?

Neil Shah – Acredito que reunir a comunidade de FM é importante. O mercado de FM tem estado muito fragmentado, assim como os setores de construção e imobiliário.

Parte do motivo que nos faz ficar muito honrados de estar aqui é que temos a oportunidade de unir as áreas e criar integração entre as pessoas. Isso porque não basta pensarmos em consertar as coisas.

Como o Ricardo [Crepaldi, diretor da ABRAFAC e mediador do painel] disse antes, é sobre planejar o futuro e pensar à frente. A única maneira de fazer isso é reunir estes setores.

 

Portal ABRAFAC – O que você aprendeu sobre o mercado brasileiro de FM?

Neil Shah – Acredito que existem oportunidades tremendas aqui no Brasil para criar eficiência e o tipo de serviço necessário para o que pode se tornar o mercado imobiliário. Existe a base para o talento e educação, que permite que o país mostre para o mundo, tome a liderança e crie abordagens inovadoras, para inspiras as pessoas a agirem nesta profissão.

 

Portal ABRAFAC – Sua palestra falou muito sobre as novidades do setor. Como as pessoas que não estão familiarizadas com as novas tecnologias e os novos negócios podem se manter no mercado?

Neil Shah – Há um aspecto sobre educação, que é o conceito de aprendizado durante a vida toda. Nós exigimos que as pessoas na RICS que não tenham somente os critérios de admissão no que diz respeito à educação, quando eles entram, mas que eles entrem dispostos a não parar de aprender.

O único jeito para sermos ágeis, flexíveis e podermos crescer como indivíduos, considerando as mudanças que ocorrem no mundo, é continuarmos nos desenvolvendo profissionalmente. E eu acho que é por isso que eventos como este congresso são muito importantes.

Organizações como a RICS, IFMA e ABRAFAC trabalhando juntas para reunir a população em um local onde as pessoas possam aprender é algo extremamente importante.

Portal ABRAFAC – Então, a educação pode ser o caminho para que as pessoas não percam o emprego com os avanços tecnológicos?

Neil Shah – Elas não somente continuam empregadas, como podem liderar a inovação, o que eu acredito ser essencial. Esta profissão pode encabeçar as mudanças.

Há um livro que diz “coma seu próprio almoço antes que alguém coma”. Uma educação contínua permite que você faça isso e realmente mude a forma como essa profissão é vista.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Associe-se
Área de Associado