Comitê deu boas-vindas a dois integrantes e apresentou primeira versão do Guia Técnico de Manutenção e Limpeza de tapetes, carpetes e capachos.

A Câmara Técnica de Revestimentos de Pisos Corporativos e Residenciais realizou a primeira reunião de 2021 no dia 18 de janeiro. A ABRAFAC – Associação Brasileira de Facility Management, Property & Workplace é uma das entidades que integra o grupo, representada pelo membro do Conselho Alexandre Ventura.

“Essa foi a primeira reunião do ano, retomando os trabalhos que iniciamos no ano passado. Os profissionais de Facility Management, Property e Workplace são os contratantes e mantenedores desses pisos. Fazemos manutenção, retrofit e construção. Assim, nós da ABRAFAC representamos os interesses dos contratantes destes serviços, o consumidor final dos edifícios corporativos”, disse Ventura.

A equipe multidisciplinar foi criada pela ABRITAC – Associação Brasileira das Indústrias de Tapetes e Carpetes. O objetivo da Câmara Técnica é estabelecer padrões e métodos de limpeza e manutenção.

Para isso, o grupo está produzindo um Guia Técnico de Manutenção e Limpeza de tapetes, carpetes e capachos. A primeira versão do documento foi apresentada nesta primeira reunião do ano, para contar com a colaboração dos participantes da Câmara.

Novos membros

Além disso, durante a reunião realizada na última semana, o comitê deu as boas-vindas a dois novos integrantes, a AsBEA – Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura e o GBC Brasil – Green Building Council.

Além da ABRAFAC, participam da Câmara também a ABRALIMP – Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional, a USP – Universidade de São Paulo, a Athie Wohnrath, Belgotex, Conforlab, Grupo Verzani & Sandrini, Inylbra, Tapetes São Carlos, Tarkett, Viastar e WK Carpetes. A coordenação é feita pela milliCare Brasil.

Durante a reunião, também foi discutido o lançamento do “Selo de Excelência ABIT”, que está sendo desenvolvido como estratégia para reconhecer os melhores insumos, equipamentos e profissionais do setor.

Assim, profissionais e empresas que desenvolvem seus procedimentos conforme recomendações prescritas pela ABIT – Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção poderão pleitear o Selo de Excelência como indicador da qualidade dos serviços prestados.  As certificações abrangidas serão insumos, equipamentos e prestadores de serviços.

Estudo

Por fim, outro assunto debatido durante a reunião foi o projeto de pesquisa que será realizado em parceria com a USP Ribeirão Preto. O objetivo é estudar o tempo de vida de bactérias e vírus em carpetes e pisos vinílicos, em parceria com a Faculdade de Medicina da universidade.

O cronograma prevê que o artigo seja publicado em um periódico científico em dezembro de 2021. A pesquisa será realizada com apoio da ABRITAC e do Conforlab.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Associe-se
Área de Associado