Leia o artigo de Marcos Maran, atual presidente do Conselho Deliberativo da ABRAFAC, sobre as mudanças no estatuto da entidade.

Em 27 de outubro passado, foi realizada a assembleia de homologação de todos os associados eleitos para o Conselho de Administração (CA) da ABRAFAC – Associação Brasileira de Facility Management, Property & Workplace, nome pelo qual a nossa associação deverá ser reconhecida.

Além de comentar a seguir as várias melhorias nos órgãos de administração da nossa associação, aproveito para comunicar que meu mandato como presidente do atual Conselho Deliberativo da ABRAFAC se encerra em 31 de dezembro próximo, mas continuarei colaborando como membro do novo Conselho de Administração que tomará posse a partir de janeiro/2021.

VEJA AQUI O QUE MUDOU

Após cerca de 1,5 ano de debates intensos com a participação da Diretoria Executiva (DE) e Conselho Deliberativo (CD) Gestão 2019-2020, um novo estatuto social foi elaborado. Submetido aos associados, foi aprovado em assembleia no dia 20 de julho de 2020. Com inúmeras alterações, destaco aqui aquelas que entendo mais relevantes.

O NOME

ABRAFAC – Associação Brasileira de Facility Management, Property & Workplace é o novo nome pelo qual a nossa associação deve ser identificada. Com essas múltiplas denominações a ABRAFAC praticamente abrange todo o universo de palavras e conceitos utilizados para designar o amplo leque de atribuições do profissional de Facility Management (FM) no mercado brasileiro, além de adotar uma tendência já percebida nos mercados internacionais.

Os termos Property e Workplace reconhecem tanto o trabalho daqueles profissionais mais ligados às atividades de operação e manutenção de edificações, como dos que possuem maior envolvimento com o ambiente interno de uma dada empresa.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO (CA)

Em substituição ao Conselho Deliberativo (CD) e incorporando o Conselho Fiscal (CF), que deixam de existir a partir de janeiro/2021. Sua composição é de até 31 associados titulares e 10 suplentes, sendo 24 associados fundadores/individuais (pessoas físicas) e 7 institucionais (empresas). Para o Triênio 2021-2013, o Conselho de Administração ficou da seguinte forma: 29 associados pessoas físicas e 2 institucionais. Esse aumento da quantidade de pessoas físicas se deve à falta de candidatos pessoa jurídica (5). Conforme previsto no estatuto da Associação, essas vagas remanescentes são automaticamente transferidas para candidatura de pessoas físicas.

Além de maior quantidade de conselheiros é importante citar que o Conselho de Administração nesse triênio terá maior presença feminina.

Dentre as mais importantes atribuições desse Conselho destaca-se a responsabilidade de elaborar um Documento de Gestão, um verdadeiro plano estratégico, para um período de 5 anos e revisado anualmente, que deverá orientar as ações da Diretoria Executiva. Dessa maneira, mesmo que ocorram mudanças nessa diretoria (DE), os planos estratégicos serão mantidos, não ocorrendo descontinuidade. O relacionamento com associados e patrocinadores também serão mais firmes e perenes, dando segurança a todas as partes sobre os rumos da ABRAFAC.

DIRETORIA EXECUTIVA (DE)

São eleitos de modo indireto. São membros regularmente eleitos do Conselho de Administração (CA) que formam chapas e se candidatam para compor essa diretoria.

As chapas recebem os votos dos conselheiros e a mais votada (maioria simples) é eleita. Os membros eleitos dessa forma, deixam o quadro do CA, dando lugar para os suplentes.

A Diretoria Executiva é composta por um presidente, um vice-presidente, um tesoureiro e um secretário, aqui também havendo uma diminuição de um diretor em relação ao passado.

Uma novidade é que a chapa para se candidatar deverá ser composta por pelo menos seu presidente e vice. Os cargos restantes poderão ser preenchidos por associados de fora do CA, desde que aprovados por este. Ou podem se candidatar membros do CA que queiram preencher essas vagas e que deverão se submeter a um processo de eleição para esse fim.

O preenchimento dos cargos da Diretoria Executiva  é um tanto complicado, mas foi a forma encontrada para efetiva participação e integração de todos. Uma coisa muito boa, é que os candidatos não eleitos continuam pertencendo ao quadro do CA e com condições de colaborar com a gestão da ABRAFAC.

PRESIDÊNCIA DO CA

É um candidato pertencente ao Conselho de Administração, votado e eleito pelos membros desse conselho. Havendo mais de um candidato, ganha aquele que obtiver maioria simples de votos.

ELEIÇÕES/MANDATOS

As eleições passam a acontecer a cada 3 anos, ao invés dos 2 do estatuto anterior, ocasião em que são eleitos diretamente pelos associados os candidatos ao Conselho de Administração, cujos mandatos são de 3 anos. Não é permitida a reeleição consecutiva dos presidentes da Diretoria Executiva e do Conselho de Administração. No modelo passado, com as eleições acontecendo a cada 2 anos, o 2º ano de mandato demandava inúmeras atividades burocráticas, que de certa forma ocupava o tempo destinado a atividades “core”. Com 3 anos essa situação fica atenuada. Ficam 2 anos bastante confortáveis para realização de várias atividades.

Nos dias 10 (hoje) e 12/11, os membros do Conselho de Administração escolherão entre seus pares aqueles que exercerão os mandatos da Diretoria Executiva e na presidência deste conselho.

DIRETORIAS NOMEADAS E TEMPORÁRIAS

São pessoas indicadas pela DE, de dentro do CA ou do quadro associativo, e aprovadas pelo CA para coordenar trabalhos específicos para atender uma determinada demanda, uma região do país, um relacionamento com outras associações de classe, etc. Uma vez encerrado o trabalho, essas diretorias são extintas. Elas também só podem exercer suas funções pelo prazo de sua indicação ou enquanto vigorar o mandato do presidente executivo que a nomeou.

 E, FINALMENTE

Com todas essas mudanças, a ABRAFAC dá mais um passo a frente em sua consolidação no mercado brasileiro. Ela reconhece a diversidade, o caráter multifacetado dos profissionais do mercado de facility management, property e workplace e se organiza para atender as suas demandas atuais e futuras. De seu quadro participam associados fundadores com larga experiência, bem como iniciantes que estão chegando ao mercado, e, assim, cria condições para valorizar todas as gerações de profissionais. Oferece uma experiência associativa que que dá espaço para que cada um de seus membros se integre e exerça a plenitude de sua capacidade intelectual, um Bem precioso, cada vez mais necessário num mundo em contínuo desenvolvimento, turbulento e sujeito a situações intempestivas.

Aproveito aqui para agradecer a cada um dos membros do Conselho Deliberativo Gestão 2019-2020 da ABRAFAC, pela colaboração e empenho em dar solução às questões que enfrentamos. Agradeço também à atual Diretoria Executiva e ao Presidente do Conselho Fiscal pelo ambiente e relacionamento de amplo entendimento, harmonia e progresso.

A seguir deixo para que todos que tiverem interesse, a lista dos associados eleitos para o Conselho Deliberativo na gestão 2019-2020 e para o Conselho de Administração na gestão 2021-2023.

Até a próxima!

* MsC. Marcos Maran, sócio-diretor da Maran Gestão de Ativos e Facility Management, é engenheiro eletricista com MBA em Facility Management e Mestrado em Sistemas Prediais pela Poli-USP. Foi presidente da ABRAFAC e é o atual presidente de seu Conselho Deliberativo. Além de consultoria em edificações e sistemas industriais e comerciais, também é professor em cursos de manutenção, ar condicionado, KPI/SLA em diversas instituições (Poli-USP, Mackenzie/AABIC, SENAC, ABRAFAC).

 

 

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Associe-se
Área de Associado