Debate realizado nesta quarta-feira (19) abordou impactos nestes setores em tempos de pandemia

A Associação Brasileira de Facilities – ABRAFAC participou de um webinar da Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional – ABRALIMP nesta quarta-feira, 19 de agosto. O tema foi Limpeza Profissional & Gestão de resíduos: Impactos em tempos de pandemia.

Participaram do debate Ricardo Crepaldi, diretor secretário da ABRAFAC, Roger Koeppl, diretor presidente da Cooperativa Yougreen; e Guilherme Salla, diretor de Sustentabilidade e Responsabilidade Social ABRALIMP. A moderação foi feita por Fernanda Nogas, jornalista Revista Higiplus.

Na ocasião, o diretor secretário da ABRAFAC afirmou que o setor de facilities tem uma responsabilidade muito forte, sobretudo pela parte legal à qual precisa atender. O peso está principalmente no momento de escolher os prestadores de serviço para a gestão de resíduos sólidos.

“O mais importante é a qualificação das empresas, tendo pessoas realmente responsáveis para cumprir toda a direção legal e, não só a direção legal, mas a necessária, a social. Muita coisa está na lei. A Política Nacional de Resíduos sólidos fez 10 anos agora e é até triste essa comemoração porque na verdade muita coisa que está na lei não foi feita e ainda está sendo empurrada”, ressaltou Crepaldi.

“Ainda existe muita coisa a ser feita e a gente tem que transmitir esse conhecimento para todos os entes, principalmente os empresários. Não é porque tenho uma certificação que vou fazer sustentabilidade. Não é isso. Sustentabilidade é responsabilidade de todos”, completou.

Gestão correta de resíduos

O objetivo do webinar foi discutir como fazer a gestão correta de resíduos em tempos de covid-19. Outro ponto tratado foi o maior consumo de descartáveis e logística reversa. Os participantes também abordaram os impactos dessas mudanças no meio ambiente, além de legislação, obrigatoriedades e capacitação.

“O tema está muito em alta. A gente tem vendo os resíduos se multiplicando durante a pandemia, seja o contaminado ou o de casa, com o pessoal todo em home office. Então, sem dúvida, é um assunto muito importante para a gente tratar hoje”, afirmou Fernanda Nogas.

Ao longo do debate, Guilherme Salla ressaltou que a gestão de resíduos sempre foi um desafio, tanto para o facilities quanto para os demais profissionais que atuam diretamente com a área. Assim, o diretor ressaltou a importância de um treinamento adequado para realizar os descartes de forma correta neste período.

“Durante a pandemia, temos um ingrediente a mais que são os EPIs, que a gente tem exigido nos ambientes de trabalho e entra num ponto mais delicado porque a máscara e a luva, muitas vezes descartáveis, demandam cuidado na hora do descarte”, pontuou.

Além disso, Roger Koeppl pontuou que o mercado está no caminho de entender que resíduo não é lixo, mas riqueza. “A barra de regras no setor de resíduos subiu há muito pouco tempo. Antes disso, lixo era muito simples de se resolver, você colocava na calçada, alguém pegava e ele sumia. A própria política nacional ficou 18 anos no Congresso para ser aprovada. A gente ainda vê como muita novidade para empresas sérias e conhecidas as várias novas regras de resíduos”, disse.

Clique aqui e confira o webinar, na íntegra.

Por Jéssica Marques/Foco 21 Comunicação

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Associe-se
Área de Associado